Seis irônicos meses

10:58

                       Taylor | via Tumblr

Quando esse ano começou eu tive a ideia de pegar um cofrinho que eu tinha largado no quarto e começar uma atividade onde todo dia eu deveria escrever todas as coisas que me fizeram feliz no dia e colocar lá dentro, o objetivo era abrir no ultimo dia do ano e relembrar todos os momentos bons que presenciei esse ano. Conforme os dias passavam eu ia colocando coisas que me fizeram felizes e até que estava indo bem, sempre lembrava de fazer um papelzinho antes de ir dormir. Porém quando as férias acabaram e as aulas começaram eu fui parando de escrever, um dos motivos foi o fato de eu estar centrada nos estudos pois é ano de vestibular ,mas o outro motivo, talvez o maior, foi que as coisas começaram a mudar drasticamente. Foi como se cada pessoa ao meu redor tivesse um foco diferente, uns queriam farrear e aproveitar o máximo o ultimo ano, outros só queriam passar de ano logo e sumir e outros realmente queriam estudar. Os desentendimentos começaram a aumentar ainda mais quando resolveram separar o terceiro colegial, em uma sala os que tiravam boas notas e na outra, bem, você entendeu.

Como se não bastasse,as amizades que eu jurava que iriam durar pra sempre foram se desmoronando na minha frente. A amiga que arrumou um namorado mais velho e começou a andar com a galera mais velha simplesmente virou e disse "Então, não quero mais ser amiga de vocês", sem consideração nenhuma. Aquele grupinho de amigas que você costumava passar tardes rindo junto passam a criar grupos no whatsapp apenas para falar mal de você e dar palpite sobre sua vida e você acaba pegando essas conversas e se vê obrigada a ler coisas como "Odeio quando ela vem falar dos problemas da vida dela", "Tenho dó dela porque nenhum garoto nunca gostou dela", "Ela é um péssimo exemplo pra irmã dela", "Quando a gente sai ela sempre é a que paga menos" entre coisas bem piores que fazem o coração doer como nunca. Também teve aquela amiga que simplesmente se irritou com você, resolveu mandar uma indireta no facebook e terminar a amizade, assim, tudo de uma vez, sem mal te dar tempo de associar alguma coisa.

Como se não bastasse as amizades, a família que você tanto adorava mal te vê mais, soltam rumores completamente falsos sobre o que acontece dentro da sua casa, te excluem dos domingos em família e simplesmente dão prioridade a outras coisas como se nada tivesse acontecido. Hunf.

Depois de todas essas reviravoltas eu acabei me esquecendo do cofre com os bilhetes e hoje enquanto arrumava meu armário achei novamente e resolvi abrir, afinal, eu mal coloquei bilhetes lá dentro. Confesso que foi muito doloroso ler bilhetes meus falando sobre essas pessoas e sobre a alegria que elas me trouxeram naquele dia especifico. A frase mais irônica que eu li foi uma em que escrevi no dia em que o pessoal da sala resolveu fazer um churrasco, o bilhete dizia "As amizades se fortaleceram essa noite", tive que dar risada, grande ironia, quando eu achava que as amizades que eu tinha estavam fortes elas na verdade estavam a um fio de acabar.

Se algum garoto alguma vez já quebrou seu coração você talvez tenha mais sorte que eu, porque não tem coisa pior do que ver seus amigos e sua família fazendo isso e te magoando como nunca.

Mas é como dizem "Não se pode ter um arco-iris sem antes ter a tempestade", enquanto aguardo o meu arco-iris vou seguindo em frente, recomeçando e levando comigo um pequeno circulo de pessoas em quem eu confio e me ajudam apenas por me fazer sorrir, são os melhores amigos que eu poderia pedir.

"All I know since yesterday is everything has changed"

You Might Also Like

0 comentários

Gostou? Me conte aqui!

No G+