Ser eclético is the new black

09:08

"Olha lá quem vem virando a esquina! Vem Diego com toda a alegria, festejando..."
Começo esse post me perguntando porque o plugin do Facebook me odeia haha. Sério gente, o gadget da pagina do blog não aparece de jeito nenhum na barra lateral, eu ja pesquisei possiveis motivos para não aparecer, ja fiz várias coisas pra tentar arrumar mas continua não aparecendo, se alguém souber o motivo me avise por favor hahaha.
No post de hoje eu vim falar sobre gosto musical. ~polêmica~.
Recentemente no meu twitter eu fiz uma piada com a Lana Del Rey. Eu postei "Alguém consegue ficar acordado até o fim de um album inteiro da Lana?", mas antes que alguém ache ruim: eu gosto de Lana, tenho várias musicas no meu computador, spotify, etc. Eu só fiz uma piada boba, e é uma piada que todo mundo faz, todo mundo vive zoando a Lana porque as músicas dela são lentas e 'dão sono', eu não estava desvalorizando o trabalho dela nem nada, eu só fiz uma piada besta que eu faria com qualquer outro artista. Porém uma garota que até o momento eu pensava que era minha amiga começou a me atacar no twitter. Ela começou a dizer que eu só ouço lixo e não tenho mentalidade pra ouvir Lana Del Rey. Oi?
cê ta doida, minha filha?
Isso me fez pensar. Ela julgou a minha mentalidade baseada no meu gosto musical (Não é novidade pra ninguém que eu gosto de Taylor Swift, One Direction, enfim, pop no geral) e gente, isso ta errado, ta muito errado!
Hoje em dia eu vejo que todo mundo é rotulado pelo gosto musical. Se você gosta de rock você é um revoltadinho sem causa, se você ouve funk você é uma vagabunda burra, se você ouve rap você é um drogado, se você ouve pop você é uma patricinha sem cerebro, mas se você ouve Indie, Folk, etc, ah! Então você é cool, você é descolado, você é basicamente um ser superior e melhor que todos. E por que isso? Por que o ritmo e a letra de uma música influencia tanto na pessoa que você é?
Todos nós crescemos aprendendo o que é certo e o que é errado, crescemos desenvolvendo nossa personalidade, qualidades e defeitos, e tudo isso é anulado a partir do momento em que você aperta o play em uma música que gosta?
não to entendendo essa lógica
Hoje em dia eu vejo tanta gente perdendo oportunidades de fazer amizades e conhecer novas pessoas apenas porque o gosto musical não é o mesmo. Amizade deveria ser construída com base nas coisas que você gosta em uma pessoa e não com base em gosto musical.
"Ah Mariana, mas funk tem letras com apelo sexual"  "Ah Mariana, mas musica sertaneja tem refrão repetitivo e que não fala nada" Assim como qualquer outro estilo muscial. Não é dificil achar uma música com conteúdo sexual, ou com alusão à drogas, ou com refrão repetitivo e sem sentido, seja ela funk, pop ou rock.
parem de ser chatos
Gente, música é pra ser uma coisa divertida. Há várias músicas com letras maravilhosas e que passam ótimas mensagens, mas só por isso temos que desvalorizar as músicas com letras mais pobres? Qual o problema com as músicas com refrões xulos? Caso vocês não saibam, música serve para dançar também. Se eu vou em uma festa e começa a tocar um funk ou um setanejo eu simplesmente vou dançar e me divertir com todo mundo, não é porque eu tô dançando uma música considerada ruim que isso vai ter um peso negativo na minha vida, pelo contrario, enquanto você está reclamando eu estou me divertindo horrores.
eu dançando enquanto você relcama
Pra você que ouve Artic Monkeys, Lana Del Rey e cia e julga todo mundo que não concorda contigo, eu tenho um recado: Você não é critico de música. E também não tem direito de julgar ninguém.
acorda Alice!
Mas calma, antes que os mimizentos de plantão apareçam, eu não estou dizendo que você deve amar todas as canções do mundo. É completamente normal se identificar mais com um estilo do que com outro. Eu por exemplo não gosto daqueles rock de gritaria, sabe? Aquelas músicas que tem um cara gritando um monte de coisa e não da pra entender nada HAHAHA. Mas não é por isso que eu odeio o estilo e não julgo quem ouve, na verdade eu não vejo problema nenhum em outra pessoa gostar de uma coisa que eu não gosto, é completamente normal.
O problema é ficar disseminando ódio à aqueles que gostam de um estilo que você não gosta. Para que ta feio!
bicha, pare! ~joga o cabelo~
Voltando ao desentendimento no twitter uma amiga dessa garota resolveu dar seu pitaco também e me atacar dizendo que "hoje em dia não é todo mundo que sabe apreciar arte de verdade". Arte de verdade? Existe arte de mentira? Ela simplesmente desmereceu todos os artistas que trabalham (e muito!) em suas músicas e os rotulou como lixo, e não arte, só porque a som deles não agrada o ouvido dela .

Além disso quem somos nós pra rotular o que é arte e o que não é? Por muitos anos na escola eu tive aula de historia da arte e sempre aprendi que tudo é arte. E recentemente eu estava assistindo um especial sobre o Beatles na TV e em uma entrevista o John Lennon diz que tudo é arte, nós somos arte, e que temos que parar de rotular tudo.
Ironicamente essas duas garotas idolatram o John Lennon.
Particularmente eu sou uma pessoa extremamente eclética, eu ouço de tudo! Não fico me prendendo em estilo musical, se a musica me agrada eu vou ouvir, independente do ritmo ou de quem canta. E honestamente ser uma pessoa eclética é tudo de bom, qualquer lugar que você vai e estiver tocando música você se diverte.
Pra que se limitar a um estilo quando você pode se divertir com todos?
Enfim, o post de hoje é só um desabafo que eu dedico à todas as pessoas que tem preconceito musical: Gosto musical não define caráter. Parem de rotular as pessoas por causa de música, se quisermos viver em uma sociedade livre de rótulos esse é um ótimo jeito de começar.
Pra terminar o post deixo vocês com esse hino:


"E nessa loucura de dizer que não te quero
Vou negando as aparências
Disfarçando as evidências
Mas pra que viver fingindo
Se eu não posso enganar meu coração?" 
Vai dizer que não é poético? HAHA
Por hoje é isso gente, beijos e até o próximo post!
PS: Gifs inseridos propositalmente para amenizar a situação. (Ou talvez porque eu sou obcecada com eles mesmo!) 
PS²: Beijo Lana!

You Might Also Like

13 comentários

  1. Amei o post!
    Detesto quando me julgam pelo meu gosto musical principalmente quando associam à minha idade. Como se pra ouvri cantor ou banda X tivesse limite de idade...Aff... Mais amor, por favor!

    E a melhor finalização de post ever! hahaha Agora estou ouvindo!
    www.elaescreveu.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mais amor por favor sempre! As pessoas tem que deixar a gente ouvir Evidências em paz sem nos julgar. hahaha beijos, obrigada pela visita!

      Excluir
    2. Eu tinha escrito um comentário enorme e não sei se enviei! hahahaha. Tô muito p da vida comigo mesma porque cliquei em algum lugar aqui e o bendito sumiu. Se ele não aparecer aí pra você moderar, segue o resumo:

      Gente feliz não enche o saco e não se interessa pelo que os outros fazem ou deixam de fazer na vida. Essa coisa de definir uma pessoa pelo que ela lê, ouve ou assiste, é uma imbecilidade sem tamanho, além de ser infantil. Sempre que eu vejo alguém falando que funk não presta, por exemplo, eu fico com sensação de que a pessoa é ignorante... Primeiro, porque não aceita que o funk é um movimento cultural vindo da periferia que, se não fala a sua língua, fala a língua do outro. Segundo, que isso é segregação social, porque quando você não aceita determinado estilo musical (e você não é obrigado a gostar, mas tem que aceitar), você rejeita a expressão cultural de uma parcela do povo do seu país.

      Eu viajo nesses assuntos! hahaha.

      Beijo!

      A Carta Violeta.

      Excluir
    3. Poxa Camila, o outro comnetario foi perdido mesmo, não chegou aqui pra mim =/. Sobre seu comentario: É exatamente o que eu penso, não é porque você não se identifica com aquele estilo que ninguém mais vai se identificar, não é porque você não gosta que isso te dá o direito de desmerecer tanto o estilo musical quanto as pessoas que curtem. O pior é ver que quem discrimina outros tipos de úsica geralmente se acha totalmente entendedor de música e se acha dono da razão. Obrigada pela visita! Beijos!

      Excluir
  2. Texto maravilhoso, escuto desde Demi Lovato a Lana del Rey e não vejo problemas nisso, sobre essas pessoas que julgam o estilo musical só digo uma coisa, isso é pura infantilidade.
    Beijos

    http://beingasunshine.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é muita infantilidade! Quando mais música melhor, não é mesmo? Em vez de criticar deveriam conhecer. Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  3. Também tentei colocar o novo estilo de página do Facebook no blog e não funcionou. Acho que ele tem algum problema com a plataforma blogger mesmo. (rsrsrsr
    Sobre gosto musical eu sou também muito eclético, quando ouço esse nome já penso no meu blog "Ecléticus".. "rsrsrsrsrsr
    Falo sobre tudo lá!!! ^^

    www.ecleticus.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, pelo menos não sou só eu com esse problema então hahaha Ser eclético é tudo de bom,né? hahahaha Beijos!

      Excluir
  4. Eu já perdi inúmeros seguidores por causa desses comentários huhauhau

    Eu não gosto de Jota Quest e sempre que comento algo sobre a banda (contra), chovem fãs me atacando, mas N E M L I G O hauhauhauhauha

    ResponderExcluir
  5. Hahaha conheço esse layoutttt <3
    Bom, sobre o post, acho que sua "amiga" além de grosseira foi bem preconceituosa.
    Hoje vivemos numa sociedade onde fazer uma piada vira escândalo, e se você
    não segue as modinhas da maioria e concorda com elas, vira uma pessoa burra ou sem ideais.
    Acho que estou de saco cheio dessas pessoas, por isso ando cada vez mais tirando elas
    da minha vida ♥
    Sobre seu gosto musical, não há nada de errado com ele, apenas seja feliz com o que te faz feliz o/

    http://passaro-de-inverno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, exatamente, engraçado que quando eu disse que foi só uma piada inocente que todo mundo faz ela disse que eu estava me fazendo de vitima. Uma coisa eu te garanto: Minha amiga ela não é mais hahaha

      Excluir
  6. Gostei muito do seu post, Mariana! Eu sou meio eclética também, mas fingia não ser, tinha aquelas músicas que eu classificava "guilty pleasure" e não contava pra ninguém que eu ouvia, haha. Mas que besteira, né? Deixei isso pra lá e ai de alguém que vier me falar alguma coisa, ninguém tá pagando meu Spotify pra julgar o que eu eu escuto, hahaha. Acho muito desnecessário você julgar se alguém tem bom gosto ou não sem nenhum "critério", só com base no que você considera um bom gosto.
    E só gosto de uma música da Lana, as outras infelizmente não me animaram muito, mas nem por isso julgo quem gosta dela, hahaha.

    Beijos!
    Vestindo o Tédio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém ta pagando meu Spotify pra julgar o que eu escuto" ADOREI!Sim, eu tbm considerava certas músicas um "gultiy pleasure" mas hoje em dia eu só falo "eu ouço kelly key mesmo, e daí?" HAHAHA eu gosto só de algumas músicas da Lana, ela não me anima tanto tbm hehehe, beijos e obrigada pela visita!

      Excluir

Gostou? Me conte aqui!

No G+