6 coisas que aprendi nesses 6 meses

15:46

(não sabia que foto colocar, então coloquei uma de uma pessoa sendo feliz hahaha)

O mês ja ta quase no fim e o ano ja chegou na metade em um piscar de olhos, nem da pra acreditar! Apesar de passar rápido seis meses é bastante tempo, então trouxe no post de hoje 6 coisas que ja aprendi até agora:

1- Dirigir:
Até o começo do ano eu não fazia idéia de como se ligava um carro basicamente hahaha. Esse ano comecei a tirar minha carteira de motorista e descobri que nem é tããão complicado como eu imaginava. Eu ja terminei minhas aulas praticas e dia 1° de julho é o meu exame. Eu estou tão nervosa que estou até sonhando com esse bendito exame toda noite. Eu ja sou uma mestre na baliza, que é onde a maior parte das reprovações acontecem. Meu medo mesmo é o percurso, eu fico meio em pânico e me atrapalho toda hahaha. De acordo com todo mundo é quase impossivel reprovar no percurso, mas eu sendo eu consigo fazer uma proeza dessas se ficar muito nervosa. Me desejem sorte!

2- Primeiro emprego não é tão assustador:
Esse ano, na pascoa, consegui um emprego de promoter de ovos de pascoa. Eu não tinha muita noção até ir para o treinamento e explicarem tudo certinho e posso dizer? Deu muito medo! A mulher que dava a palestra era completamente assustadora e brava e ficava falando sobre decorar a gramatura, preço e características de todos os ovos,além de contar sobre casos de queda de parreira (a estrutura onde os ovos ficam pendurados), o que me deixava aterrorizada. No final de tudo eu acabei sendo encaminhada para o Pão de Açucar daqui da minha cidade, e lá é bastante tranquilo. Fiz amizade com outras promoters, além de papear com os clientes do mercado, principalmente as senhorinhas que sempre estavam lá. Ouvi muitas histórias e casos dos clientes e isso animava o meu dia.

3- Não passar no vestibular não é o fim do mundo:
Ano passado foi o meu ultimo ano na escola e foi bem o ano em que a escola resolveu colocar uma super pressão em cima dos alunos em relação ao vestibular, eu basicamente frequentava a escola de segunda a sábado. No fim do ano prestei vestibular para duas faculdades e acabei não conseguindo entrar em nenhuma. Fiquei muito chateada e achava que meus pais iam me chutar pra fora de casa hahaha. Eu fiquei o ano inteiro com aquele pensamento " Eu preciso passar, não posso ficar na casa dos meus pais pra sempre, ano que vem não vou conseguir, tem que ser esse ano, todo mundo vai passar menos eu". Fiquei tão estressada que comecei a ter suor excessivo e uma queda de cabelo absurda. Esse ano fui na dermatologista e ela disse que era estresse  emocional. Comecei a tomar vitaminas e ja melhorou. No fim meus pais entenderam e eu nem fui a unica da minha sala a não passar, vários amigos meus estão trabalhando ou fazendo cursinho, mas a pressão da escola foi tão grande que me deixou desesperada.

4-Afastar pessoas negativas:
Durante o ensino médio eu fiz várias amizades que mais tarde descobri que não eram tão boas e saudáveis mas continuava por não querer brigar e causar confusão, mas isso causava um peso não só em mim mas também em toda a minha vida. Eu sempre estava desanimada e nada nunca dava certo. No ano passado eu completei o ensino médio e parei de conviver tanto com essas pessoas e percebi como a minha vida ficou um pouquinho mais leve, foi aí que eu percebi que eu deveria cortar essas "amizades" de uma vez por todas pra minha vida ir pra frente, eu não estava cultivando amizades benignas, eram ervas daninhas basicamente. Eram amizades que sugavam toda a minha energia e me deixavam pra baixo. Aprendi a afastar e cortar completamente contato com esse tipo de pessoa e me cercar de pessoas que só querem o meu bem e desde então eu ando por aí leve como uma pluma. Eu ando mais feliz, empolgada e pensando mais positivamente. Minha vida está entrando nos trilhos novamente.

5- Perdoar:
Como eu disse, fiz amizades que fizeram muito mal à mim, me magoaram de vários jeitos possíveis, mas se por um lado foi ruim porque sofri muito, por outro lado foi ótimo porque agora estou aprendendo a perdoar. Aprendi que não adianta guardar rancor, isso deixa seu coração mais pesado, o melhor mesmo é deixar pra lá (lérigoo, lérigoooo). Ás vezes alguém te magoou a anos atrás mas hoje em dia pode ter amadurecido e aprendido com os erros, é isso que eu espero das pessoas em vez de ficar guardando rancor, eu espero que um dia elas amadureçam e aprendam a nunca mais fazer mal aos outros.

6- Me aceitar:
Ta, talvez eu tenha dado uma roubadinha. O processo de me aceitar está em andamento, mas ja fiz bastante. Houve uma época que minha auto estima era tão baixa que eu não conseguia nem tirar fotos porque não aguentava me olhar depois nelas. Hoje em dia eu não só saio nas fotos fazendo careta como também faço isso o tempo todo em qualquer lugar hahaha. Ainda há dias que eu me olho no espelho e me acho horrível, mas uma hora gente chega lá.
Eu sou muito alta, tenho 1,79, e sempre fui muito insegura com isso, me sentia completamente esquisita, principalmente perto dos garotos que eram (e continuam sendo) sempre mais baixos que eu. Eu sempre andava meio curvada perto de pessoas mais baixas, olhando pro chão, nunca usava salto e tinha vergonha de usar roupas curtas porque minhas pernas são muito longas.
Hoje em dia eu ja ando com os ombros pra cima, olhando pra frente e me sinto bem com minhas pernas enormes hahaha. Eu ainda não uso salto alto mas é porque eu não sei andar direito mesmo, mas tenho varias sandálias e botinhas que tem um saltinho, não muito grande, mas tem. Claro que se eu pudesse não iria reclamar de ser um pouquinho mais baixa, mas esse é o corpo que eu tenho então tenho que aprender a viver com ele.

Ainda temos mais seis meses pela frente e espero que eu aprenda muito mais.
Essa postagem faz parte da blogagem coletiva da Irmandade das Blogueiras <3.
E vocês, aprenderam alguma coisa legal esse ano?

You Might Also Like

7 comentários

  1. Adorei!
    E sobre ter pernas longas: sei bem como é isso, mesmo com meus 1.68m!
    Escreve mais, beijo ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1,68 é só as minhas pernas KKKKK bjs miga <3

      Excluir
  2. Acho que quando a gente não consegue algo, ao invés de ficar com medo deveria tomar como estimulo para se focar e estudar mais para a próxima tentativa né? Eu demorei muito pra me aceitar, principalmente esteticamente, sempre me achei muito feinha, desengonçada e magra demais, eu também não gostava muito de tirar fotos, olheeee, era um drama mas como você ainda estou num processo de aceitação, e hoje sou muito mais feliz comigo que era a algum tempo atrás haha.

    http://www.leitecombiscoitos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, é o que eu estou fazendo, espero que esse ano eu passe hehe. SObre ser desengonçada eu já aceitei: isso não tem conserto, vou ser assim pra sempre hahahahaha

      Excluir
    2. Talvez eu tenha que aceitar também haha

      Excluir
  3. Nossa, quanta coisa legal foi realizada nesses seus 6 meses e é pouco tempo pra tanta coisa tão legal assim imagine até o final do ano ou por toda vida hahaha. São todos importantes mas o que eu realmente me surpreendi foi o último. É difícil nos aceitarmos do jeito que somos mas pra cada defeito a uma qualidade, por exemplo, uma pessoa baixa deixa de fazer milhares de necessidades e pessoas altas também mas uma coisa boa é que pode virar modelo não é um lado bom? parabéns por ter conseguido tudo isso e espero muito mais

    Beijos <3
    www.p-perfectsthings.com | Quietly Pink

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha foi bastante coisa mesmo! Espero que a até o final do ano venha muito mais. Realmente é bem dificil nos aceitarmos mas temos que pensar positivamente e aprender com isso. HAHAHA quem sabe algum dia eu vire uma modelo, só preciso aprender a andar de salto, sou um desastre kkkkkk beijos!

      Excluir

Gostou? Me conte aqui!

No G+